Domingo de festa com casal amigo

Eles já se tornaram um dos melhores casais de amigos que temos. Adriano e Andréia já fazem parte do seleto rol de pessoas que freqüentam nossa casa e, sempre que possível, saímos juntos. Bia, minha esposa, e Andréia malham na mesma academia e eu e Adriano estamos sempre conversando sobre os mais diversos assuntos.
Depois de alguns desencontros, marcamos nesse domingo último para irmos para a chácara deles, para relatarmos nossa recente viagem para o Chile. Aproveitei para levar uma garrafa de vinho de presente para o casal e uma garrafa de pisco, uma bebida típica daquele país, para preparar um drinque chamado “pisco sour”, a última paixão da Beatriz.
Deixamos nosso filho na casa de um colega que estava aniversariando e partimos para o sítio dos colegas.
Fomos recebidos com grande alegria pelo casal. Eles estavam na área da piscina. Andréia com um biquíni que realçava seus seios e suas curvas. Fomos para o quarto do casal para trocarmos de roupa e passamos a desfrutar o domingo na mais perfeita tranqüilidade e sintonia entre os casais.
Depois de algumas doses do Pisco Sour, Bia e Andréia começaram a ficar mais soltas e animadas e decidiram retirar a parte de cima do biquíni, fazendo um topless. Todas as vezes que vejo as duas, não canso de admirar a beleza delas. Duas mulheres, no auge da maturidade e vivendo uma vida sexual plena.
De repente, do playlist do Adriano saiu uma música super dançante e Bia e Andréia começaram a dançar. Nos juntamos às esposas e começamos a dançar de forma sensual, roçando nossos corpos. Nessa hora, Bia e Andréia disseram que tinham uma surpresa para nós. Minha esposa pegou na minha mão e Andréia repetiu o gesto, levando seu marido e eu para a suíte master.
Lá, elas de forma sincronizada nos jogaram na cama e tanto Beatriz quanto Andréia começaram a, por cima dos nossos shorts de banho, abocanharem nossos paus. Ficamos eu e Adriano, lado a lado, enquanto a esposa dele e minha mulher começaram a retirar a parte de baixo dos biquínis e, juntas, retiraram nossas sungas.
Andréia e Bia começaram a pagar um gostoso boquete na gente. Era delicioso sentir a boquinha da minha esposa e era muito excitante ver Andréia mamando no cacete de Adriano e gemendo baixinho. Quando fiz menção de puxar Beatriz para penetrá-la, ela sorriu e disse: “Espera, tem uma surpresa”.
Nessa hora, ela e Andréia ficaram em pé na cama e começaram a se pegar. Elas começaram roçando os seios e trocando beijos frenéticos. Nesse momento, estava com meu pau tão duro que pensei que iria gozar ali mesmo. Bia então abraçou Andréia e começou a esfregar sua buceta na xoxota da esposa de Adriano.
Tanto eu quanto Adriano, vendo a cena, batíamos uma punheta desesperada. Era um show. Uma das cenas mais excitantes das quais tive o prazer de presenciar. Coisas que só via em filmes pornôs.
Beatriz então deitou Andréia na cama e começou a chupar sua buceta. Andréia gemia e se contorcia tanto que parecia já estar gozando. Após alguns minutos, Bia deitou-se sobre o corpo de Andréia e começou a beijá-la suavemente.
Nesse instante, eu e Adriano nos aproximamos das duas e colocamos nossos paus para que as esposas os chupassem. Que tesão! Bia e Andréia lambendo nossos cacetes e, eventualmente, travando um duelo de línguas.
Andréia então decidiu engolir meu pau e do marido, simultaneamente. Era estranho, mas também excitante, ver a esposa do amigo colocar dois cacetões na boca e ao mesmo tempo sentir meu pau roçando no pau do Adriano.
Enquanto isso, Bia mordicava os mamilos de Andréia, posicionando sua bunda de forma que Adriano passou a penetrá-la com os dedos. O marido da Andréia fodia minha esposa com os dedos, enfiando com força e Bia, gemendo de prazer, rebolava a bunda, permitindo que Adriano praticamente enfiasse a mão na sua buceta.
Andréia enquanto nos chupava batia uma siririca e logo percebi que ela estava gozando. Quando eu estava prestes a gozar, passei a bater uma punheta na boca da mulher de Adriano e terminei dando-lhe um banho de gala.
Adriano aproveitou e deu seu cacete para Beatriz mamar, segurando-lhe com força sua cabeça. Com o pau ainda duro passei a comer minha esposa de quatro, vendo-lhe chupar meu amigo.
Andréia passou então passou a bater uma punheta no marido, que direcionou um jato de porra para a boca da minha mulher. Vi Beatriz engolir todo o esperma de Adriano e ainda virar-se para ele, para que ele também lhe penetrasse. Minha esposa parecia uma cachorra no cio.
Não agüentei e acabei penetrando Andréia e após poucos minutos depois gozei dentro da esposa do Adriano. Bia vendo a gala escorrer da buceta da amiga passou a lambê-la enquanto Adriano forçava seu cuzinho com seu pauzão grosso. Bia gemeu e gozou muito e mesmo extasiada continuou sendo penetrada por Adriano que rasgava a bundinha da minha esposa sem dó. Eu só ouvia os gritos de prazer de Beatriz.
Ao seu ouvido eu apenas dizia: “Você me faz o homem mais feliz do mundo. Amo você, meu amor!”

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.