Virei Putinha do pai roludo da minha amiga

Eu e umas amigas resolvemos ficar uns dias na casa de campo de uma de nossas amigas. Eu e mais 3 amigas nossas e mais um gay que sempre esta junto com nos. Pegamos as coisas e o pai da menina que emprestou a chácara foi nos levar.
Como eram só dois dias levei poucas coisas, até porque todas elas sabem que não uso roupas em casa, 2 pares de sutiã e calcinha mega atoladas, lógico, 2 shortinhos e camisetinhas. Quando o pai eles chegaram na minha casa, eu estava com um shortinho bem no meio da bunda, mostrando as polpas da bundona e de top, o pai da menina que veio nos dar carona me comeu com os olhos, na mesma hora desceu correndo do carro pra me ajudar com as coisas e já manda aquele abraço apertado pra me cumprimentar, um cara mais velho todo charmoso do jeito que eu adoro, só pensei comigo… Se ele ficar lá, vou provocar e não vai ser pouco!

Chegamos lá, fiquei enrolando no carro pra ser a última a descer, “sem querer” derrubei meu celular em baixo da camionete dele, fiquei de 4 com a bunda toda empinada, encostando os peitos no chão dando visão total pra ele, olhava de lado, ele chegava a apertar o pau, atras de mim vendo meu bundão… Achei o celular, olhei pra ele com aquela cara de puta, peguei minhas coisas e fui com minhas amigas.

Ficamos lá fora da casa por um bom tempo conversando bebendo um pouco e falando merda. Sempre que podia via o pai dela indo lá na janela dar aquela espiada e sempre que eu percebia ele olhando, dava uma mexida na bunda ou nos peitos… Em uma das olhadas resolvi entrar na casa pra dar mais uma provocada né. Fui até meu quarto e tirei minha calcinha e atolei bem o shortinho pra deixar tudo desenhado pra ele… Entrei na casa ele tava só de calção de jogar futebol, puta pernas grossas de quem corre e bem saradão sem camisa, aí pra quem em conhece e sabe que sou louca por um coroa, cu chegou a dar uma piscada.

Sexshop

Passei por ele rebolando tudo que podia e mais um pouco, dizendo com aquela voz de puta safada… Onde fica o banheiro? Ele já veio perto de mim dizendo que iria me levar lá… Pegando na minha cintura me virou e me deixou de costas pra ele, e ele quase me encochando. Quando chegou perto do banheiro, pegou na minha cintura de novo me virando e falando daquele jeito, Lua, qualquer coisa que tu precisar é só me chamar que te ajudo ok? Minha vontade foi responder, beleza! Poe essa pica pra fora então! Haushaushau! Mas adoro esse joguinho de provocar o homem até seu limite.

Foi ficando mais e mais escuro e o pessoal cada vez mais bêbado… Resolveram ir nadar na cachoeira! Era a deixa que tava esperando… Coloquei um biquini amarelo, que sumia na minha bundona, e marcava muito forte o bico dos peitos. Falei pra eles, só vou lá dentro pegar uma toalha… Passei pela cozinha, vi que ele tava sentado vendo TV, parei na frente dele só de biquine botei a mão na cintura e falei pra ele:
– Vamos na cachoeira? Já coloquei até uma roupinha pra isso! Vi que ele revezava olhando o bico dos peitos e minha buceta marcando no biquine… Ele só me puxou pra perto dele e disse:
– Lua, se eu ficar no escuro com você desse jeito, não vou meu controlar, pare com isso! Falou isso passando a mão na minha coxa né… Aí eu vadia que sou, só dei uma giradinha no corpo, deixando o rabão de fio dental na cara dele e disse… Bom, você que sabe… Dei uma empinadinha e sai rebolando.

Ficamos quase meia hora na cachoeira e voltamos pra casa, ai como só tinha 2 banheiros ficamos revezando pra tomar banho né. Eu tava toda molhada lá fora e vi que ele tava na janela olhando, resolvi dar um showzinho pra ele, comecei a deslizar a mão pelo corpo tipo jogando a água pra longe, mas nisso, agachando, abrindo as pernas, passando na buceta empinando a bunda que cheguei a ficar arrepiada… Quando fui entrar pra tomar banho, vi que tinha 3 lá fora e 1 no banho e só o pai dela na sala… Sentando ainda vendo TV com aquela bermuda, mas agora o pau dele tava desenhando, ou seja, sem cueca, eu tive que aproveitar. Passei perto dele com a desculpa que tava sem toalha, fingi que me desequilibrei e cai sentada de bunda no colo dele, senti aquela pica na minha bunda praticamente nua né, mas como tava molhada comecei a pedir desculpas… Ele adoro, lógico, pego praticamente na minha bunda dizendo, sem problemas, olhei pro calção dele todo molhado com o pau desenhando, nem pensei direito e meti a mão de malandragem falando:

-Nossa molhei todo teu calção, só que esfregando a mão no pau dele… Aí ele não aguentou e me puxou com força pela cintura caindo sentada no colo dele, ele apertou minha bunda e disse:
-Chega, tá me provocando desde que cheguei na tua casa! Apertando minha bunda com vontade me puxou pra perto ficando com os peitos colados nele e começou a me beijar… Passou a mão em tudo no meu corpo quando tava tirando meu biquíni escutei a porta do banheiro abrir… Pulei de cima dele como se nada tivesse acontecendo… E fui em direção ao meu chuveiro… Entrei, olhei bem pra ele e dei um tapa na minha bunda e deixei a porta entre aberta.

Ele foi atras no mesmo minuto tranco a porta e eu já tava pelada no banho, ele tranco a porta e veio com tudo, me beijando, brincando com minha buceta, apertava meus peitos, deslizava mão pelo meu corpo, puxando meu cabelo e me deixando cada vez mais louca! Até que me abaixei e fui naquela rola…

Coloquei a linguá nas bolas dele e fui subindo até a cabeça, e abocanhei o pau, cabeçudo, delicioso, pressionando com os lábios, apertando as bolas e sempre babando muito, quando mamo faço muito barulho e babo muito, varias vezes tirava a boca má mostrar quanta baba tinha no pau e na minha boca, sorria pra ele que quase virava os olhos e latejava o pau. Abocanhei de novo e agora chupando com pressão e velocidade, quando escuto bater na porta!

Lua, viu meu pai por aí? Tirei a rola da boca e falei, Acho que vi ele indo pro mato, mas eu tava entrando no banho… Enquanto ele batia o pau na minha cara, me deixando mais ainda babada. Quando ela saiu voltei a chupar até ele gozar tudo na minha boca, na mesma hora engoli cada gota e sorri pra ele: – Que delicia! Ele fico com cara de quem não acreditou e eu falei… Espera todo mundo e vou no teu quarto pra gente terminar isso.

Sei lá o que ele inventou pra guria. Mas quando deu umas 3 da manha, quase todos bêbados dormindo, fiquei pelada e fui pro quarto dele… Abri a porta e ele tava lá com o pauzao apontando pro teto e falando: – Achei que não viria mais! Nem dei o prazer de responder, me ajoelhei no meio das pernas dele e cai de boca fazendo mais uma boquete pra ele. Agora ele segurando meus cabelos e controlando as decidas e subidas pra não goza tão rápido, começou a me dar ordens, chupa minhas bolas! Eu sou tirei o pau da boca, e toda babada fui pras bolas dele, mandou eu lamber, engolir pau todo, chupar só a cabeça, ficou se divertindo com minha boca, até gozar uma segunda vez mas agora na minha cara. Gozou bastante, aí peguei com os dedos e tirei a porra do rosto, passando na linguá de um jeito de puta… Ele me levantou mandou ficar d4 na cama e veio chupar minha buceta.

Meninas que estiverem lendo, homem mais velho sabe te fazer gozar na linguá… Por isso viciei em mais velho, mas ele me deu um banho de linguá, acho que gozei umas 6 7 vezes seguidas, tava encharcada, ai ele aproveito, ajeito o pau e começou a meter, como tava toda molhada meteu tudo em uma só estocada, que me arranco um gemido escandaloso! Na mesma hora tomei um puta tapão na bunda e ouvi: – Cala a boca porra! Ele viu que fiz cara de quem gostou e começou a bater mais e mais na bunda e metendo, cada vez mais rápido e cada vez com mais força…

Aí começamos a fazer um rodizio pela casa, me comeu no quarto, na sala, no banheiro, na camionete, lá fora por tudo, onde era possível me escorar ele me comia… Até que voltamos pro quarto, me colocou d4 de novo, mandou eu empinar e ficou passando a mão na minha bunda e esfregando o pau falando: Sem duvida é a maior bunda que eu já vi, deu um tapa e ficou com a mão parada em uma das nádegas e disse: -Olha isso, precisa de 3 mãos minhas pra esse rabo todo! Meteu o pau na buceta e começou a bombar de novo, só que acho que ele tava com medo de tentar algo no meu cu, começou a relar o dedo, passando e passando os dedos até que resolveu enfiar o polegar no meu cu e dei um berro de tesão… Aí ele só riu e falou: – Sabia que uma bunda dessas adorava leva no cu! Toda rabuda gosta… Falou enquanto metia e tirava o polegar do meu cu, até que tirou o dedo, ajeitou o pau e foi enfiando até encostar as bolas em mim….
Mas comeu me cu com tanto gosto, puxando meus cabelos apertando meus peitos, me batendo, brincando com minha buceta e que gozei repetidas vezes. Mandei ele tirar o pau do cu e sentar no sofá. Ele sentou aí eu disse: Vou te dar um “chá de cu” que tu nunca mais vai esquecer!!

Ele ficou com o pauzão pra cima, vim pro cima dele, fiquei de costas abrindo tudo, encaixei o pau na entrada do cu e comecei a sentar loucamente nele, só mexendo o quadril! Meu cu engolia o pau dele de forma violenta que ecoava pela casa cada batida da minha bunda contra o corpo dele, confesso que isso arromba o cu todo, mas o tesão é louco, mas não aguento nem 20 minutos e gozo tudo no meu cu! Ficamos mais alguns minutos pelados, largados no sofá.
Tomamos um banho, uma última metida gostosa no meu cu que já tava lodo largo, depois voltei pra junto das amigas, quando peguei o celular e vi que já era quase 7 da manha…
Desde esse dia, sou amante dele e transo com ele 1 vez por semana em média. Sempre vou para a casa de campo

Espero que tenham gostado. Quem quiser falar comigo, meu e-mail é [email protected] Com.

Bjosss.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.